The Pocket Testament League

Back to Top
Português
Membro da Liga? Entre agora ou Junte-se a Liga. A adesão é gratuita!
Helen Cadbury

Uma breve história da Liga do Testamento de Bolso

120 anos de evangelismo

Celebramos "bolsos" desde 1893. Ao longo da nossa longa história, mais de 110 milhões de Evangelhos de formato bolso foram compartilhados pelos nossos membros em todas as partes do mundo. Aqui está um breve resumo da longa história da Liga.


Helen Cadbury entregou sua vida a Cristo com 12 anos de idade. Pouco depois, ela organizou um grupo de amigos e formaram a Liga do Testamento de Bolso.

A extraordinária visão de uma adolescente

O ministério começou em 1893 com a visão de uma adolescente chamada Helen Cadbury, filha do presidente dos chocolates Cadbury. Ela estava tão animada em compartilhar sua fé que organizou um grupo de meninas que costuraram bolsos em seus vestidos para levar os pequenos Novos Testamentos que seu pai havia providenciado. As meninas chamaram seu grupo de "A Liga do Testamento de Bolso." Usando pequenos cartões de membro, elas comprometeram-se a ler uma parte da Bíblia todos os dias, orar e compartilhar a fé conforme as oportunidades oferecidas por Deus.


Acima, o cartão de membro original usado por Helen Cadbury e suas amigas como símbolo do compromisso de ler, levar e compartilhar a Palavra de Deus.

A mesma visão ainda direciona o ministério nos dias de hoje. Em todos esses anos alcançando as pessoas para Cristo, o ministério tem desfrutado de momentos de tremendas vitórias .

Em 1904, Helen casou com o evangelista Carlos Alexandre, que oficialmente organizou a Liga com o Dr. J. Wilbur Chapman, em Filadélfia, PA em março de 1908. Alexander tinha ligações com o proeminente evangelista Dwight L. Moody que com sua experiência em evangelismo no nível mundial deu um enorme impulso para a Liga.

Em 1914, A Liga do Testamento de Bolso abriu um escritório em Londres, e começou compartilhar Evangelhos como parte do seu evangelismo na Primeira Guerra Mundial. Em outubro do mesmo ano, a campanha de evangelismo distribuiu 400.000 Novos Testamentos aos soldados em Planícies de Salisbury.

Ao longo dos anos vinte, os membros da Liga do Testamento de Bolso formavam equipes de ministério em fábricas e escritórios, compartilhando Cristo com seus colegas de trabalho, distribuindo evangelhos e organizando estudos bíblicos. Durante o período sombrio da década de 1930, a década da Grande Depressão, os membros da Liga compartilharam Evangelhos através do Corpo de Conservação Civil na área do Sul e toda a Nova Inglaterra. O Corpo foi um esforço organizado pelo governo para mobilizar os desempregados para trabalhar em projetos públicos.

Crescimento durante os anos de guerra

O impacto da segunda guerra mundial, que rugia em toda a Europa, foi sentido pela Liga. No dia 29 de dezembro de 1941 em Birmingham, Inglaterra, a sede internacional da Liga foi destruída pelas bombas. Durante a guerra, as equipes da Liga visitaram acampamentos militares compartilhando edições especiais do Novo Testamento.


De origens humildes, a Liga trouxe por mais de 100 anos a verdade da Palavra de Deus a milhões.

Quando a guerra terminou, a liga extendeu o seu alcance no exterior. Depois de um ano de planejamento e oração, um esforço de compartilhar as Escrituras no exterior foi iniciada na China usando um edição chinesa especial do evangelho de João. Alguns anos depois, a Liga começou a prover evangelhos e Novos Testamentos para Formosa e Japão. O General MacArthur pediu 10 milhões de cópias da Palavra de Deus. Os membros da Liga do Testamento de Bolso contribuiram com um número impressionante de 11 milhões Evangelhos para a nação do Japão através de doações e orações. É especialmente notável visto que os Evangelhos naquela época eram consideravelmente mais caros do que são hoje, e mesmo assim os membros contribuíram.

Como resultado desses Evangelhos compartilhados no Japão, o Capitão Mitsuo Fuchida, que tinha liderado o ataque a Pearl Harbor, aceitou Cristo como seu Salvador. Ele até trabalhou para a Liga! Evangelhos também foram compartilhados na Coréia do Sul após a Guerra da Coréia. Syngman Rhee, presidente da República da Coréia, disse: "percebendo o poder da inspirada Palavra de Deus, como eu percebo, eu dou as boas-vindas a Liga do Testamento de Bolso para distribuir milhões de cópias das Sagradas Escrituras em nosso país."

O presidente Dwight D. Eisenhower reconhecia a importância de compartilhar a Palavra de Deus. Ele disse: "No sentido mais elevado a Bíblia é a...suprema e indispensável fonte de inspiração para a vida americana de liberdade." Ele reconheceu publicamente os esforços da Liga, dizendo que "A Liga do Testamento de Bolso, e todos envolvidos na distribuição da Bíblia, tem se dedicado a um trabalho nobre."

Os anos da Guerra Fria e Vietnã

Durante os anos 50, um homem chamado, Glenn Wagner, secretária da Liga internacional viajou extensivamente encorajando os líderes a levarem o seu povo de volta à Bíblia. Através de sua influência, muitas iniciativas foram desenvolvidas em todo o mundo, e muitas pessoas vieram a ter uma relação pessoal com Jesus Cristo, lendo a Palavra de Deus. Só na África, mais de 5 milhões Evangelhos em vários idiomas foram compartilhados durante a década de 1950. Em 1962, no auge da Guerra Fria, através de 18.000 jovens de 137 países os Evangelhos foram compartilhados em áreas comunistas. Ao final da Guerra Fria, em 1988, 100.000 evangelhos de João e 15.000 de Bíblias em russo entraram na União Soviética

“Se pudéssemos levar as pessoas a leitura do Livro certamente os levaríamos a Cristo.”
—Helen Cadbury

Um programa de rádio chamado "News in a Different Dimension" (Notícias em uma Dimensão Diferente) com Victor Beattie foi ao ar em 1963 levando as pessoas a conhecerem a Liga através de 200 estações de rádio alcançando 39 estados e 15 países estrangeiros. Beattie fazia reportagens sobre coisas de "significado espiritual," geralmente reportados do local das atividades.

Billy Graham foi um grande incentivo para Liga, comentando: "Estou completamente convencido do trabalho da Liga do Testamento de Bolso, e vou continuar orando por todos associados."

Durante a Guerra do Vietnã, dois milhões e meio de Evangelhos foram compartilhados com militares e vietnamitas. Evangelhos Bi-centenários foram compartilhados com todos os membros do Congresso em 1976. Centenas de capas especiais da Olimpíada foram compartilhados nos jogos Olímpicos.

A Helen Cadbury Alexandre morreu em 1969 mas a Liga e os seus membros continuam a compartilhar com entusiasmo o Evangelho de Jesus Cristo. Ao todo, mais de 110 milhões de cópias do Evangelho têm sido compartilhados por membros da Liga desde o início deste ministério. Há 598,309 de membros cristãos que, como a Helen, têm o desejo de compartilhar a Palavra de Deus. Tudo porque uma jovem mulher corajosa teve a visão de trazer a Palavra de Deus às almas perdidas ao seu redor. Ela disse: "Se pudéssemos levar as pessoas a leitura do Livro certamente os levaríamos a Cristo."

E você? Gostaria de juntar-se a este movimento emocionante e continuar o legado iniciado por Helen Cadbury? A adesão é gratuita. Só é preciso ter o desejo de compartilhar sua fé. Fazemos com que isso seja tão fácil como dar a alguém um presente em um amistoso, encontro pessoal. Inscreva-se hoje!



Alguma vez já se perguntou por que o Evangelho de João é uma ferramenta efetiva de evangelismo? Descubra por que com esta simples explicação no nosso site.

Sobre a liga

A Liga do Testamento de Bolso, por 120 anos tem motivado milhares de cristãos a ler, levar e compartilhar a Palavra de Deus.

Inspirada pela visão de uma adolescente em 1893, aproximadamente 598,309 membros de muitas denominações cristãs concordaram de "Ler, Levar, Compartilhar" a Bíblia como sendo a Palavra de Deus. Já foram distribuidas mais de 110 milhões de cópias evangelho de João em encontros de um a um. A Liga do Evangelho de Bolso é uma organização sem fins lucrativos 501(c)3. Leia mais...

Conectar conosco no Facebook

Motivando e equipando cristãos a Ler, Levar, Compartilhar® a Palavra de Deus desde 1893.

Doar Agora

Copyright ©2016 Liga do Testamento de Bolso®. Todos os direitos reservados.   Política de Privacidade  |  Restituições e Devoluções